10-BANNER-12Recuperado

“Todos aqui choraram ao receber ele”, relata a diretora da Maternidade Dr. Peregrino Filho sobre o recém-nascido que perdeu a mãe durante acidente

Séfora Cândida, diretora da Maternidade Dr. Peregrino Filho, em Patos, disse que o retorno do bebê à maternidade acabou comovendo as equipes plantonistas. “Todos aqui choraram ao receber ele! Comoveu a equipe inteira”, comentou Séfora. 

O recém-nascido havia recebido alta médica em companhia de sua mãe e retornaria para casa, mas o trágico acidente ocorrido na tarde desta segunda-feira, dia 17 de junho, na BR 361, vitimou a mãe e mais duas pessoas que estavam no carro.

Damiana Borges da Silva, de 24 anos, mãe do bebê, estava retornando para sua residência em Emas, na região metropolitana de Patos, quando o veículo em que estava, um Volkswagen, modelo Gol, colidiu frontalmente com uma camionete Chevrolet, modelo D 20. 

Além de Damiana, mais duas pessoas foram a óbito: Amélia Barbosa Lucena, de 52 anos, e Luzia de Lucena de Oliveira, 74 anos. As demais vítimas seguem internadas no Hospital Regional de Patos e o bebê na Maternidade Dr. Peregrino Filho, em Patos.

De acordo com informações, na D 20 estava apenas o motorista que se evadiu do local após o trágico acidente. No Gol viajavam seis pessoas, incluindo o bebê. O automóvel pertence à Prefeitura Municipal de Emas e ainda não foram reveladas as causas do acidente.

O bebê segue internado na Unidade de Cuidados Intermediários Neonatais (UCIN) na Maternidade Dr. Peregrino Filho. Em nota, a maternidade esclareceu que o recém-nascido está estável, recebe suporte de oxigênio e foram realizados exames de tomografia, raio-x e está sendo acompanhado por equipes multiprofissionais.

Com Jozivan Antero – Polêmica Patos