10-BANNER-12Recuperado

Caririzeira estava dentro de carro arrastado pela correnteza em Santa Cruz do Capibaripe

Um caso que ganhou repercussão nacional, no último domingo 31 de março, envolveu uma paraibana. Ocorre que, após fortes chuvas atingirem Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste pernambucano, um veículo verde, transportando uma família e uma amiga, foi arrastado pela correnteza no bairro São Jorge. A paraibana Sara Micaele Ferreira de Melo, natural de Camalaú, permanece desaparecida.

O carro, que transportava o pai, a mãe e uma criança de dois anos, além de uma amiga da família, ficou preso em uma segunda passagem molhada, onde o pai tentou desesperadamente salvar seus entes queridos, gritando por ajuda. O motorista, Antônio da Silva Bezerra, de 27 anos, sobreviveu ao incidente.

O corpo da criança foi encontrado na manhã seguinte ao acidente, por volta das 5 horas da manhã de segunda-feira 1º de abril. A mãe, Diana Maria Barbosa, de 30 anos, foi localizada a aproximadamente 5 km do local onde o carro foi arrastado, na zona rural de Santa Cruz do Capibaribe, na Vila do Amor. A terceira passageira, amiga da família, é Sara Micaele Ferreira de Melo.

De acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (APAC), o volume de chuvas atingiu cerca de 106 mm em Santa Cruz do Capibaribe no domingo (31), causando enchentes repentinas e tornando as passagens molhadas perigosas para a travessia.

Equipes de mergulho do Corpo de Bombeiros continuam as buscas pelo corpo da terceira vítima. Até a publicação desta matéria, o corpo de Sara Micaele Ferreira de Melo permanece desaparecido.

PB Agora/ Foto: Ademilton Silva / Blog da Polo